Super Blog

Meu Negócio

12Out
5 Dicas para Realizar a Administração de Conflitos em Condomínios de Forma Efetiva

categorias: Meu Negócio,

Além da gestão de recursos financeiros, a contratação e fiscalização de prestadores de serviços, bem como a proposta de melhorias em geral, um dos grandes desafios de síndicos e responsáveis por gerir condomínios é a administração de conflitos eventuais entre moradores.

O primeiro passo para lidar com esse tipo de questão é compreender o que está por trás das queixas, ou seja, o que realmente gerou determinado impasse. Além disso, é fundamental desenvolver habilidades relacionadas à gestão de conflitos para se antecipar aos possíveis atritos. Confira nossas dicas que irão auxiliar você no tema!
1. Saiba quem são os condôminos e esclareça as regras
Quanto maior for a quantidade de apartamentos em um condomínio, mais difícil será saber quem é cada morador. No entanto, é importante procurar conhecer quem são os condôminos, assim como seu temperamento e personalidade. Outro ponto é mapear as principais queixas que geram conflitos e esclarecer as regras estabelecidas em condomínio.
Caso não existam regras específicas, é importante sugerir normas claras e colocá-las em votação em Assembléia. Dessa forma, será mais fácil realizar uma administração de conflitos mais efetiva.
2. Mantenha ordem nas assembléias de Condomínio
É fundamental que o síndico saiba manter a ordem nas Assembléias e, se necessário, contar com o apoio de um secretário ou conselheiros. Além disso, é importante deixar claro quais pautas serão discutidas, para que não se perca o foco. Em alguns casos, a presença de um advogado pode ser necessária para que se esclareça determinadas questões de forma mais simples e eficaz.
3. Esteja apto a ouvir
Sabemos que toda comunicação é mais eficiente quando ambas as partes envolvidas em uma discussão sabem ouvir o que o outro tem a dizer, não é mesmo? Não é diferente quando trata-se de conflitos em condomínio. Por isso, o ideal é que busque resolver as questões da forma mais tranquila e amigável possível para todos, evitando assim que hajam injustiças.
4. Tenha paciência
Um fato que é importante ter consciência é que nem todo conflito pode ser resolvido logo na primeira tentativa. Afinal, tanto os envolvidos quanto às demandas de cada um serão distintas. Isso significa que em alguns momentos a tentativa de chegar a um acordo exigirá mais tempo e esforço.
5. Use a transparência na administração de conflitos
Como mencionamos anteriormente, uma das recomendações para uma administração de conflitos eficaz é conhecer os moradores. Esse cuidado é importante, também, para entender o que eles esperam da sua gestão. O que, por sua vez, sempre gira em torno de clareza e honestidade na prestação de contas.
Uma vez munido dessas informações, será mais fácil providenciar soluções que atendam os anseios de todos, como por exemplo, utilizar meios digitais para a divulgação de atas de assembleias ou mesmo agendamento de reservas do salão de festas.
O que achou das nossas dicas de administração de conflitos? Continue acompanhando o blog da Supergasbras e tenha sempre uma solução a mão para seu condomínio!