Super Blog

Meu Negócio

20Set
Como Aplicar o Trade Marketing em Mercados e Supermercados

categorias: Meu Negócio,

O Trade Marketing é uma estratégia que tem relação com o canal de distribuição de produtos. É por meio dela que é feita a comunicação entre quem produz, quem distribui e quem compra e consome.

Há benefícios para todos os lados. Vamos conferir mais sobre esse assunto e entender como aplicar o conceito em supermercados.

O que é Trade Marketing e para que serve?

O Trade Marketing é importante para consolidar a marca e aumentar as vendas.

Pensando no lado do distribuidor, o benefício é conseguir vender aquele produto em seu estabelecimento e, com isso, também maximizar o lucro. Afinal, é uma forma de obter a mercadoria nas prateleiras e faturar mais com isso.

Essa estratégia é pensada de empresa para empresa e visa também a mudança de comportamento dos clientes. Isso porque é preciso se atualizar e entender os hábitos da sociedade para, assim, fornecer o produto que desejam.

O foco aqui é o canal de distribuição e o direcionamento das estratégias para o consumidor final.

Além disso, o Trade Marketing também serve para estabelecer bons relacionamentos entre fornecedores e distribuidores, ajudando você a não perder vendas para a concorrência. Por exemplo, em seu supermercado, se há alta procura por uma marca de refrigerante específica e você não tem uma parceria com ela, só poderá vender uma das concorrentes.

É bem capaz que isso faça com que os consumidores daquela marca não queiram optar por outra e, então, irão se dirigir ao próximo estabelecimento. Isso prejudica seu negócio e você perde para a sua concorrência. Por isso, o bom relacionamento é fundamental!

Outra função dessa estratégia é conseguir alinhar todas as equipes e pensarem em ações em conjunto para melhorar as vendas.

Como aplicar o Trade Marketing em supermercados?

Anote as dicas para aplicar a estratégia em seu negócio e obter sucesso:

• estude quem são os consumidores das marcas que você fornece. Peça dados sobre o público-alvo e pensem, juntos, em ações para atrair os clientes;
• você e o fornecedor podem determinar promoções para serem feitas no supermercado. Diminua o preço e estipule um tempo, fazendo com que o comprado identifique que aquilo irá acabar rápido e, por isso, é imperdível;
• crie uma comunicação visual que passe clareza e que faça com que o público do seu supermercado se identifique;
• você pode investir em degustação de mercadorias nos pontos de venda;
• crie programas de fidelidade e ofereça descontos e outros bônus nas compras;
• faça sorteios no estabelecimento e planeje campanhas com seus parceiros;
• invista em infraestrutura e torne o estabelecimento um lugar de fácil acesso;
• identifique os produtos com menor saída e tente entender o motivo disso. Proponha ações para melhorar as vendas, como descontos, comunicação visual mais assertiva ou reposicionamento nas prateleiras;
• tenha um bom relacionamento com diversos produtores para conseguir oferecer variedade em seu estabelecimento;
• use a tecnologia ao seu favor com sistemas de integração de equipes, controle de estoque, entre outros. Isso tudo ajudará na gestão do supermercado.

Aliado a todas essas ações, um dos pontos mais importantes na estratégia é saber posicionar os produtos e dividir bem as categorias do supermercado. Por exemplo, coloque molhos de tomate perto de pacotes de macarrão, ou barras de chocolate perto de condimentos como leite condensado, creme de leite, etc. Assim, além de facilitar a vida dos clientes, irá instigá-los a comprarem mais.

Gostou do conteúdo? Aproveite e leia mais dicas no blog da Supergasbras!