Super Blog

Meu Negócio

24Out
Contrato de Prestação de Serviços Autônomos — um Risco Para o Condomínio?

categorias: Meu Negócio,

 

Com o surgimento cada vez mais frequente de pequenas empresas, às vezes até individuais, ao buscar terceiros para a realização de serviços de qualquer natureza, os condomínios muitas vezes acabam assinando um contrato de prestação de serviços autônomos.

 

Isso é importante pois, às vezes, é a maneira mais rápida de executar o serviço. Porém, selecionar um prestador autônomo exige cuidados para evitar problemas posteriores para o condomínio. Veja mais informações neste artigo!

 

Cuidados ao fechar um contrato de prestação de serviços autônomos para condomínio

 

Ao contrário do que se pensa, a qualidade dos serviços prestados por profissionais autônomos não é o maior problema. A particularidade de certos pontos específicos do contrato de prestação de serviços autônomos é que merece maior atenção.

 

Afinal, existem hoje muitos profissionais que, individualmente, oferecem serviços melhores do que diversas empresas no mercado, além de serem uma boa opção em termos de custo. Veja como escolher o prestador ideal para seu condomínio abaixo:

 

Estude e consolide as necessidades

 

Como síndico, para uma gestão de sucesso é extremamente necessário estudar e revisar as reais necessidades da execução dos serviços no condomínio. Pense no que deve ser colocado em primeiro plano e se já não há nenhuma empresa responsável pela área em questão.

 

Depois, se confirmada a necessidade, faça orçamentos diferentes, não só com autônomos, e levante a questão em assembleia.

 

Busque referências

 

A melhor maneira de saber se aquele profissional ou as empresas pesquisadas são boas escolhas é buscar referências. Pergunte para outros síndicos, procure indicações e veja se o prestador é bem avaliado.

 

Vale também buscar possíveis referências negativas em órgãos de justiça ou sites de reclamação online. Não que uma ação judicial faça de qualquer empresa uma má opção, mas dependendo do somatório das pesquisas, talvez não valha a pena o risco.

 

Elabore um contrato detalhado

 

A elaboração do contrato de prestação de serviços autônomos é o ponto-chave para fechar negócio. Todo o serviço deve estar especificado ao máximo — verba disponível para compra de materiais, quantidade e qualidade do que será utilizado, prazos, forma de pagamento e tudo o que for julgado necessário pelas partes.

 

Dessa maneira, reduzirá o risco de divergências ou falta de comunicação/informação entre o condomínio e o prestador de serviços, fazendo com que qualquer problema possa ser solucionado com a simples releitura das cláusulas acordadas.


Para mais dicas de como fazer a gestão de seu condomínio, confira o blog da Supergasbras!