Voltar à visão geral do blog

Condomínio 03/06/2020

Como Lidar com a Inadimplência em Condomínio no Período de Crise?

calculadora e lápis vermelho

Inadimplência em condomínio é um problema comum, que provavelmente qualquer síndico passa ou vai passar em algum momento. Entretanto, em situações de crise como este pelo qual estamos passando agora — com o novo coronavírus —, é necessário lidar com essas dívidas de maneira diferente.

Desde as informações até a negociação e o contato com a administradora, se houver, a inadimplência deve ser gerenciada com cuidado e, principalmente, com compreensão. Confira algumas dicas neste artigo!

Crescimento da inadimplência em condomínio durante a pandemia

Devido à crise, muitos negócios (pequenos e médios, principalmente) precisaram fechar as portas por um tempo. E enquanto alguns, como restaurantes, ainda podem oferecer uma jornada de trabalho remunerada para seus funcionários, outros não têm essa opção.

Diante disso, com menos renda em todos os níveis, o pagamento de despesas que antes estavam incluídas sem nenhum sufoco no orçamento mensal passa a ser mais difícil. Assim, a inadimplência em condomínio cresce, e é necessário aprender a lidar com ela na posição de síndico.

Separamos algumas práticas e dicas que podem ajudá-lo a passar por esse momento. Veja:

Não altere as taxas

A primeira ideia que passa na mente de muitos síndicos, em conjunto com a administradora, é reduzir a taxa condominial. Isso, no entanto, é imprudente. Afinal, o condomínio precisa pagar as contas, e é do valor do rateio que a quantia para isso é obtida.

Portanto, a não ser que haja uma assembleia, após muitos cálculos, que permita que a taxa seja reduzida sem prejuízos, essa prática pode dificultar ainda mais a vida de todos.

Outro ponto é o da isenção. De acordo com o Código Civil, ainda que haja a crise, o condômino não pode ser “desobrigado a suprimir sua contribuição perante o condomínio”, o que significa que em hipótese alguma o pagamento da taxa poderá ser retirado.

Corte despesas e renegocie contratos

Parte de lidar com a inadimplência em condomínio é buscar meios de pagar as dívidas mesmo com o número de inadimplentes aumentando.

Uma das práticas mais efetivas é cortar despesas que não sejam necessárias (limpeza de piscinas, manutenção estética, jardinagem) e tentar reduzir o valor dos contratos delas.

Compreenda o momento e negocie de maneira humanizada

Muitas pessoas estão passando por uma época realmente complicada agora. Apesar de não ser dever do condomínio isentar das dívidas, uma comunicação mais humana deve ser aplicada.

Converse antes de cobrar, entenda a situação do morador e veja, de fato, como lidar com a questão junto a ele. Acione a administradora e, claro, tenha sempre o respaldo do departamento jurídico para garantir que não haverá problemas.

Veja mais artigos sobre como lidar com a inadimplência em condomínio e outras dicas de gestão no blog da Supergasbras!