Voltar à visão geral do blog

Condomínio 31/07/2018

3 Formas de Garantir a Segurança em Condomínios

3 Formas de Garantir a Segurança em Condomínios

Um dos motivos pelos quais as pessoas, especialmente as famílias, optam por residir em prédios, é a segurança em condomínio. Hoje em dia, a maioria dos empreendimentos conta com artifícios que garantem um ambiente tranquilo e seguro para funcionários e moradores. Contudo, existem diversas formas de auxiliar a tarefa de assegurar esse bem inestimável, confira neste artigo!

A importância da segurança em condomínios

Os centros urbanos sempre foram conhecidos por serem o grande alvo da violência, porém, estamos em um momento em que até as cidades pequenas são alvos da criminalidade. Por isso, investir na segurança em condomínio nunca foi tão importante, sobretudo para quem exerce a função de síndico ou mesmo atua com imóveis de maneira geral.

Pensando nisso, separamos a seguir três dicas para que a segurança de seu condomínio esteja devidamente garantida. Descubra quais são!

1. Utilize monitoramento eletrônico e câmeras de segurança
Nos dias atuais, não há quase nenhum prédio que não conte com um sistema de monitoramento. Procure uma empresa especializada em segurança residencial para a instalação de câmeras de segurança e que ofereça também alarme monitorado. Geralmente, ao contratar este tipo de serviço, as empresas costumam realizar um estudo dos locais mais vulneráveis do condomínio antes da instalação do sistema.

Outra vantagem dos sistemas de segurança mais modernos é a comunicação direta com centrais de monitoramento 24 horas. Desta forma, os operadores podem tomar as medidas necessárias em caso de invasão, por exemplo.

2. Invista na portaria remota
O tradicional cadastro de entrada e saída de veículos e moradores feito manualmente muitas vezes não é tão eficiente. Hoje já existem serviços de portaria remota que permitem um controle mais completo e eficaz. Nesta modalidade, os condôminos recebem uma tag exclusiva de identificação, além do controle do portão de acesso aos apartamentos.

3. Oriente os moradores
Apenas o uso da tecnologia não é o suficiente para garantir a segurança em condomínios. É fundamental que o síndico busque orientar os condôminos quanto às normas de segurança como um todo. Para isso, você pode realizar assembleias, assim como afixar avisos em murais e elevadores.

Lembre-se de informá-los que a entrada de parentes e demais visitantes só é permitida com autorização prévia do próprio condômino.

O que achou das nossas dicas para garantir a segurança em condomínios? Comente e continue acompanhando o blog da Supergasbras para mais conteúdos como este!