Voltar à visão geral do blog

Condomínio 16/11/2018

3 Dicas para Identificar e Evitar Problemas em Condomínios

3-dicas-identificar-e-evitar-problemas-em-condominios

O condomínio é um espaço coletivo em que centenas de pessoas convivem em áreas comuns, e isso significa uma grande quantidade de comentário e possíveis divergências. Diante de tantas discussões é necessário, ao exercer a função de síndico, entender e identificar de fato o que são problemas em condomínios e precisam ser solucionados.

Para ajudá-lo, fizemos a lista abaixo com algumas dicas para distinguir o que realmente são problemas e como evitá-los! Confira:

1. Verifique se afeta outros condôminos

Um problema dificilmente atingirá somente um condômino. A não ser que seja uma situação muito específica, é importante verificar se o ocorrido atrapalha a vida de muitos moradores. A inadimplência, por exemplo. é um problema pelo qual todos os condomínios passam ou já passaram em algum momento.

A falta de pagamento das taxas condominiais afeta o caixa administrativo do condomínio e dificulta muito a realização eficaz de rateios para as despesas comuns. Além disso, caso ainda não haja a individualização do gás, cuja falta também deve ser estudada como um problema, condôminos que cumprem com suas obrigações virão a pagar pela utilização dos inadimplentes.

2. Consulte uma lista de problemas em condomínios

Caso haja dúvidas a respeito de alguns problemas mais comuns em condomínios é interessante pesquisar listagens dos mesmos. Uma das mais conhecidas é a dos “quatro cês”. Ela se refere àqueles que são considerados os problemas em condomínios que mais causam divergências na convivência e afetam a integridade das áreas comuns: cães, canos, crianças e carros, cada um com suas formas de ser evitado.

Outro material que merece sua atenção é o nosso e-book sobre os principais problemas comuns em condomínios e como solucioná-los, que pode ajudá-lo muito na busca pelas questões que podem gerar discussão no condomínio.

3. Examine a gravidade

Essa dica é, principalmente, para que você possa elencar com segurança a prioridade de alguns problemas comuns da vida no condomínio. Há questões que precisam, sem dúvida, de mais cuidado que outras. Se o portão de entrada da garagem quebra, por exemplo, por ser um item que garante a segurança, é necessário consertá-lo antes de podar as árvores ou arrumar um brinquedo do playground.

Isso é muito importante para que um problema não dure muito tempo sem solução. Ao solucionar o que é mais grave primeiro, que comumente terá uma vida útil maior, sobrará mais tempo e melhor organização, até mesmo de orçamento, para trabalhar com as questões de menor prioridade.

Aproveite as dicas acima e garanta mais assertividade em sua solução de problemas no condomínio! Quer ler mais a respeito do assunto? Confira o blog da Supergasbras!