Voltar à visão geral do blog

Negócio 24/06/2021

Como Montar um Cardápio Para Restaurante de Sucesso

como-montar-cardapio-campeao-para-seu-restaurante

Saber como montar um cardápio para restaurante de encher os olhos — e o paladar — de seus clientes é essencial. Afinal, o primeiro item que eles procuram ao entrar em seu restaurante é o menu, certo? 


É lá que ele vai escolher qual prato consumirá, bem como as bebidas e a sobremesa. Este é um item extremamente importante para que seu restaurante seja bem visto e avaliado.


Separamos neste artigo algumas dicas valiosas para você. Confira!


Como montar um cardápio com a cara do seu restaurante


O primeiro ponto ao qual você deve se atentar ao entender como montar um cardápio é a identidade visual. Todos os elementos de seu menu devem acompanhar a decoração, o estilo e a arte envolvida em todo o estabelecimento.


Pense no seguinte: se você é dono de uma hamburgueria no centro de um bairro jovem, com elementos despojados, paredes assinadas e alguns toques de arte pop ou geek, você precisa levar essa atmosfera para seu cardápio. Ao montar uma churrascaria, por outro lado, é interessante ter aquele toque família e reunião de amigos.


Assim como se você gerir um estabelecimento com toques de requinte e ambiente de bistrô, precisará apostar em algo mais delicado e clean. Entretanto, quando falamos de “cardápio”, não nos referimos somente ao material impresso, correto? Afinal, todo fast food tem um, e normalmente ele está preso à parede, atrás do caixa.


É importante entender que o menu é também o conjunto de receitas servidas, e é nisso que este artigo irá focar, ok?


Como criar um cardápio: escolhendo as receitas


Existem três aspectos na hora de decidir quais receitas entrarão em seu menu: identidade, otimização de insumos e adaptabilidade.


Para seguir estas três diretrizes, você precisa:

 

Seguir uma linha de raciocínio que combine com o estabelecimento


Lembra da questão que envolvia identidade visual? O mesmo vale para os pratos e para os nomes deles. Pense no que faz sentido servir e no que fugiria completamente do intuito de seu comércio.


Massas e milk shakes em uma cantina italiana, por exemplo, não são uma combinação usual, mas em uma lanchonete com sanduíches, os milk shakes são uma ótima adição ao cardápio. Na questão da linha de pensamento, o mesmo vale para o nome dos pratos.


Inventar algo único é sempre interessante, mas é importante pensar em como deixar claro o que está presente em cada prato no menu.


Abranger diferentes públicos é uma dica fundamental de como criar um cardápio


Muitas vezes as pessoas com tipos de alimentação específicos ou algumas intolerâncias deixam de frequentar os locais por não terem opções adequadas para elas. Faça disso seu diferencial. Ofereça opções vegetarianas, veganas, e se possível até sem lactose e/ou glúten. Isso é perfeitamente possível em qualquer tipo de menu, mas principalmente naqueles mais amplos, como é o caso de self-services.


Além disso, aqui também entra um detalhe importante: o delivery. Hoje, um estabelecimento que não conta com opções pensadas para uma entrega de qualidade pode perder muitas chances de venda. Portanto, na hora de pensar em seu cardápio, já coloque em questão os pratos que poderão servir para delivery!


Combine a qualidade de seu menu com o uso de seus insumos


É difícil saber como montar um cardápio e ainda sair sem desperdícios ou prejuízos. Uma boa dica é desenhar uma lista de receitas que utilizem os mesmos ingredientes, mas com algumas mudanças, para que as compras não sejam tão volumosas e ainda assim proporcionem muitas receitas.


Ao adicionar os preços em seu cardápio, leve sempre em conta não só os custos dos ingredientes dos pratos, mas também os gastos fixos com gás, luz, água e outros insumos necessários para a produção. Isso é crucial para acompanhar e ter controle, gerando lucros!


Gostou das dicas de como montar um cardápio? Veja só alguns insights sobre como administrar um restaurante!