Voltar à visão geral do blog

Condomínio 19/04/2021

Churrasqueira a Gás ou Carvão — Qual é Melhor em Condomínio?

Quem é síndico de condomínio sabe a importância de criar instalações para o lazer de todos os habitantes, seja para criar um espaço comum ou para permitir essas reformas na varanda. Em ambos os casos, provavelmente a sua escolha já ficou entre a churrasqueira a gás ou carvão.


Considere os pontos positivos e negativos de cada opção e converse com os condôminos sobre as suas preferências. Veja a seguir o que deve saber!


Qual a diferença entre a churrasqueira a gás e a de carvão?


Se você não entende muito bem como funciona uma churrasqueira, é importante ter em mente que a fonte de energia usada para esse tipo de equipamento traz muitas diferenças para o processo de cozimento.


Então, antes de escolher entre churrasqueira a gás ou carvão, considere os pontos abaixo:


Churrasqueira a gás


O uso do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) no equipamento faz com ele seja mais ecológico e tenha um tempo de preparo bem menor — além do fato de que o GLP traz benefícios para a cocção de alimentos


Além disso, conta com um sistema de acendimento automático, sem precisar esperar alguns minutos para a chama acender. Com isso, o equipamento também é mais seguro, principalmente para aqueles que não estão acostumados a fazer churrasco. Porém, só funciona se houver a adequação de ponto de gás


Churrasqueira a carvão


Tradicional, essa é a favorita dos “assadores de churrasco” de famílias. Essa característica é queridinha não apenas porque é uma opção que existe já há muito tempo — o churrasco na brasa é herança indígena, inclusive —, mas porque a fumaça dá um gosto especial.


Porém, por conta da fumaça, só pode funcionar em áreas externas e com muita ventilação — e, de qualquer forma, não é muito ecológico. Além disso, considere o tempo de espera para que, de fato, a comida comece a assar.


Como escolher entre churrasqueira a gás ou carvão?


A escolha vai depender, principalmente, das condições do condomínio e do local de instalação. A churrasqueira vai para o espaço de lazer do prédio ou é um pedido individual para unidades que desejam tê-la em suas varandas?


Nesse caso, o critério deve ser o seguinte: para áreas comuns, fica de acordo com preferência geral — e você pode fazer uma votação com os condôminos. 


Elenque os pontos positivos e negativos de cada e faça uma demonstração. Por exemplo, por que não explicar os fatores mais ecológicos da versão a gás para conscientizar os moradores?


Para varandas e sacadas, prefira a churrasqueira a gás, porque ela emite menos fumaça e, assim, não atrapalha apartamentos vizinhos.


Agora que já sabe como escolher entre churrasqueira a gás ou carvão, veja as vantagens de usar gás em áreas comuns do condomínio.

Buscando por Segurança e Comodidade?