Super Blog

Meu Negócio

31Out
Prestação de Contas do Condomínio — 3 Dicas para Evitar Erros

categorias: Meu Negócio,

 

Apresentar a prestação de contas do condomínio é um dever de todo o síndico. É por meio dela que todos os condôminos terão consciência do que foi gasto, adquirido e também de todas as fiscalizações pelas quais as instalações passaram.

 

Porém, por ser uma grande quantidade de documentos, além de uma apresentação que pode se tornar polêmica diante de certas discordâncias, é importante saber como realizá-la de maneira correta. Neste artigo daremos algumas dicas. Confira!

 

1. Não esqueça nenhum documento da pasta de prestação de contas do condomínio

 

Todos os documentos devem estar disponíveis na íntegra no momento da assembleia de prestação de contas. Na pasta, que normalmente é fornecida pela administradora, devem constar, sem falta:

 

  • Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), juntamente às cópias das NRs 5, 7 e 9, bem como o certificado da brigada de incêndio, RIA dos elevadores, fiscalização do pára-raios e seguro do prédio e dos funcionários;
  • certidões negativas do INSS, Receita Federal e FGTS (condomínio, administradora e quaisquer empresas terceirizadas ou prestadores de serviços);
  • atestado de dedetização, análise de potabilidade da água e certificado de lavagem das caixas d’água.

 

Sobre as despesas do condomínio devem estar presentes na pasta:

 

  • demonstrativo de despesas —  deve ser intuitivo, de fácil compreensão e com resumo do número de contas do balanço;
  • balanço contábil — deve ser detalhado e cobrir toda e qualquer conta. Divide-se em pessoal (salários, férias, cesta básica), fixas (água, telefone, manutenção de elevadores, segurança e outras taxas) e variáveis (como limpeza da caixa d’água e recarga de extintores);
  • documentação comprobatória de despesas e receita, inclusive dos inadimplentes.

 

Todos os valores de prestação de serviço devem ser embasados por seus respectivos contratos.

 

2. Atenha-se à pauta do dia

 

Assembleias de condomínio, às vezes, podem ser ambientes em que antigas discussões vêm à tona. Para evitar que os assuntos do passado atrapalhem a prestação de contas do condomínio, faça questão de manter todas as conversas em torno das despesas daquele período.

 

Caso algo saia do controle, mostre firmeza e deixe claro que aquilo já foi resolvido ou que é um assunto para outra ocasião.

 

3. Não discuta diante de possíveis desaprovações

 

Existem momentos em que, mesmo com todos os documentos claros e completos à disposição, as contas não são aprovadas pelos condôminos. Diante de um caso como esse, o melhor é se oferecer para, junto à administradora, rever certos pontos específicos e, se confirmado, retratar-se aos condôminos explicando o ocorrido. Por isso, a prestação de contas do condomínio é tão essencial.

 

O importante para uma gestão de sucesso é manter a calma e, antes de tomar qualquer atitude, certificar-se de que aquilo é realmente um erro. Tudo deve ser ponderado com base nas necessidades e interesses comuns.

 

Para mais informações sobre gestão de condomínio e despesas, acompanhe o blog da Supergasbras!